Colágeno,  Pele

Suplementos de colágeno podem realmente melhorar a pele? O que dizem os especialistas

Fato principal: A maioria das tendências de dieta e suplementos da comunidade de bem-estar acabam se tornando obsoletas e geralmente, muito passageiras. No entanto, no caso do colágeno, sua popularidade só pareceu ganhar força. Produtos que vão, desde um creme embebido em leite de coco, que instantaneamente atualiza a sua rotina matinal para séruns para pele enriquecidos com colágeno; e sim, até mesmo cerveja de colágeno.

Dito isto, só porque uma tendência ou suplemento aumentou em popularidade e reconhecimento, não significa, necessariamente, que ela seja 100% verdadeira. Desde que todos e suas mães começaram a divulgar os benefícios mágicos do colágeno (incluindo nós mesmos também!), quisemos verificar as informações com algumas fontes.

Depois de inserir o colágeno na dieta, estamos percebendo alguns benefícios surpreendentes e benefícios para a beleza também (eu pessoalmente, gosto de mistura-lo ao meu leite de amêndoas matinal, com canela e café gelado), mas também temos algumas perguntas. Por exemplo: Por que o colágeno é considerado uma fonte sagrada de proteína e nutrientes? Por que e como ele se tornou cultuado tão rápido? Realmente ele tornará a nossa pele mais bonita? Continue lendo para aprender tudo sobre o colágeno e sobre o que os especialistas pensam dos seus supostos benefícios para a saúde e para a pele.

AS VANTAGENS + BENEFÍCIOS

Como a nutricionista holística e fundadora da Kore Kitchen, Meryl Pritchard explica: o colágeno é uma proteína essencial que serve como um bloco de construção natural dentro de nossos corpos. “Ele, basicamente, une as nossas estruturas corporais e é encontrado nos ossos, músculos, pele e tendões, acrescentando força e rearranjo estrutural. Conforme nós ficamos mais velhos, os níveis de colágeno se esgotam, e, por isso, começamos a notar uma falta de elasticidade e um aumento das rugas e linhas de expressão”. Além disso, ela acrescenta que fatores externos como sol, fumo e açúcar também podem inibir a produção de colágeno.

Mas, o que o colágeno tem exatamente, que o torna tão diferente de outras proteínas? Por que é considerado, especificamente, como um suposto salvador da pele? Segundo o diretor de educação da Vital Proteins, Traci Mitchell, o colágeno tem algumas propriedades especiais que o tornam uma das fontes preferidas de proteína para nossos corpos.

“A principal diferença entre proteínas de colágeno e outras proteínas é o perfil de aminoácidos. Todas as proteínas contêm aminoácidos, eles são usados pelo corpo humano para construir e restaurar. No entanto, o colágeno é o único que contém, na medida necessária, níveis mais elevados de três aminoácidos importantes: prolina, hidroxiprolina e glicina- todos eles desempenham um papel importante em ajudar a revitalizar a pele, cabelo, unhas e articulações. Além disso, são ótimos para a saúde intestinal e óssea”, explica Mitchell.

Como o colágeno é uma substância fabricada naturalmente dentro dos nossos corpos, não podemos regenerá-lo naturalmente, por isso a suplementação torna-se a chave. “É importante suplementar com colágeno para sustentar e preservar o que já está lá,” diz Mitchell. “Aproximadamente 70% das proteínas presentes na pele é colágeno ajudando a estimular a própria síntese de colágeno e, com isso, tornando-o o principal agente responsável pela saúde da pele, cabelo e unhas. Esse alicerce ajuda a manter as características elásticas, hidratadas e fortes do corpo humano. Além disso, como também é encontrado em nosso tecido conjuntivo (incluindo o intestino), o colágeno pode ser muito benéfico para pessoas que desejam melhorar sua saúde digestiva.”

 

E POR QUE SÓ AGORA?

 

Então, se o colágeno é tão essencial para nossa saúde, de modo geral, ao mesmo tempo em que apresenta vantagens importantes para nossa aparência, porque só agora estamos ouvindo sobre isso? (Ao dizer agora, quero dizer nos últimos anos).

“O colágeno, por si só, certamente não é novidade nas nossas dietas, pois sempre esteve presente em muitos alimentos considerados favoritos, assim como a sopa de frango caseiro. Mas a idéia principal é que havia uma falta de informação sobre as proteínas do colágeno e sua importância para a saúde geral do nosso corpo. Recentemente, sua popularidade ajudou a esclarecer seus benefícios e o porquê é tão necessário aos nossos corpos,” reafirma Mitchell.

E, em grande parte, temos marcas incríveis como a Vital Proteins (que é dedicada a fontes superiores, qualidade, etc.) para ajudar a espalhar a novidade. “Temos a sorte de ter tantas empresas inovadoras nos dias de hoje que estão fazendo versões de fácil uso desses grandes suplementos”, complementa Pritchard. “[Eles oferecem] opções, não somente de fonte bovina tradicional, mas também na forma de peptídeos de colágeno marinho (US $ 49), que é derivado de escamas de peixe. Essa é uma ótima alternativa para pessoas que, como eu, não consomem produtos de origem bovina.” E, na verdade, essa é apenas a ponta do iceberg, já que a marca também oferece muitas outras guloseimas aromatizadas e sem sabor, como cremes de café, pós de whey protein, caldo de ossos, suplementos e muito mais – tudo, é claro, adicionado com sua cota diária de colágeno.

Vegano? Calma, não há o que temer. Pois ainda existem outras formas fáceis de incorporar a substância à sua rotina. “Embora o colágeno seja derivado, principalmente, de animais, também existem algumas alternativas veganas no mercado.

 

COMO USAR

 

“O corpo de cada um é diferente, mas devido ao fato do colágeno ser uma proteína que já é produzida naturalmente em nosso corpo, ele acaba sendo considerado como um suplemento seguro”, diz Mitchell. E, felizmente, há diversas maneiras de ingerir o suplemento e desfrutar de todos os benefícios internos e externos. De acordo com Mitchell, a suplementação com cápsulas é tão eficaz quanto a suplementação com pó. Ou até mesmo apenas com a inclusão regular de alimentos ricos em colágeno (caldo de osso e ovos), é possível colher grandes benefícios. Apenas certifique-se de tornar a ingestão de colágeno um hábito diário, caso contrário, você provavelmente não vai notar muita diferença. “Como qualquer outro suplemento, ingerir colágeno com regularidade é a melhor maneira de notar os benefícios”. No entanto, como acontece com qualquer novo suplemento, recomendamos que você faça as suas próprias pesquisas e converse com seu médico, antes de adiciona-lo à sua rotina. E, como diz Mitchell, o tamanho da porção, a frequência da suplementação e o tipo de colágeno podem variar de pessoa para pessoa.

“Eu costumo assar os alimentos com ele, e também gosto de adicioná-lo às receitas de sopa. Eu também vou começar a adicionar peptídeos de colágeno ao meu chá pela manhã e pela noite”, explica Mitchell. “Nossos clientes adoram adicionar colágeno no café. Eles têm sido um tremendo sucesso”. Pritchard também é fã de misturar colágeno a alguns de seus alimentos básicos diários: “Eu prefiro misturá-lo nos meus shakes matinais ou tônicos, no café da manhã, ou no meu shake pós-treino. Com ele, fica mais fácil atingir uma consistência mais cremosa. Eu uso uma colher, uma ou duas vezes ao dia”. Veja abaixo o tônico matinal infundido com colágeno que ela usa.

Ingredientes:

  •  1 xícara (chá) gynostemma (quente);
  •  1/2 xícara de leite de baunilha;
  •  1 colher (sopa) de ghee;
  •  1 colher de colágeno marinho Vital Proteins;
  •  1 colher (chá) de Ashwaghanda;
  •  1/2 colher (chá) de casca de eucommia;
  •  1/2 colher (chá) rhodiola;
  •  1/2 colher (chá) He shou wu;
  •  1/2 colher (chá) de anti-polissacarídeo;
  •  1/2 colher (chá) de mucuna pruriens;
  •  1 tâmara ou 1 colher (sopa) de mel puro.

Instruções:
Misture tudo até ficar espumoso, despeje em uma caneca e polvilhe com canela.

Independente da forma como você decidir ingerir colágeno, a suplementação acompanhada de exercícios e uma alimentação regulada é o caminho para uma pele saudável e mais firme.

Classifique esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *